Fale conosco
Menu

Escritório apoiou fórum internacional sobre Década Afro

Compartilhe em:

Share on twitter
Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on print

SANTIAGO (3 de setembro de 2019) – Entre 31 de agosto e 2 de setembro ocorreu em Arica, no Chile, um fórum internacional preparatório para a avaliação da Década para os Afrodescendentes (2015-2024). O evento foi organizado pela ONG afro-chilena Lumbanga, em parceria com o Ministério da Cultura, Artes e Patrimônio do Chile e o Escritório para a América do Sul do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH).

Durante o evento, o representante adjunto do ACNUDH, Xavier Mena, sublinhou que “a década enfatiza a necessidade de fortalecer a cooperação nacional, regional e internacional em relação ao desfrute pleno dos direitos das pessoas de ascendência africana e sua plena participação, em igualdade, em todos os âmbitos da sociedade”.

A conferência contou com presença de mais de 30 representantes de organizações afrodescendentes da América Central e da América do Sula. Nesse marco, uma proposta regional foi elaborada para avaliar o progresso da Década Internacional para Pessoas de Ascendência Africana cinco anos após sua implementação, em termos de reconhecimento, justiça e desenvolvimento.

FIM

Saiba mais sobre a Década Afro: http://decada-afro-onu.org

ODS Relacionados

Rolar para cima