Foto: UN Photo

Venezuela: “Alarmantes condições de vida pioram de dia para dia”, alertam especialistas da ONU

9 de fevereiro, 2018

Foto: UN PhotoGENEBRA (9 de fevereiro de 2018) – Milhares de pessoas na Venezuela passam fome, não têm acesso a medicamentos essenciais e tentam sobreviver em uma espiral que parece não ter fim, segundo um grupo de especialistas das Nações Unidas*. Os peritos fazem um apelo urgente ao governo a adotar medidas para afrontar a crise e à comunidade internacional para apoiar medidas que evitem tragédias de grandes proporções.

“Milhões de pessoas sofrem pela falta de alimento, de medicamentos essenciais, os preços altos de bens de primeira necessidade, incluindo de higiene pessoal, cortes de energia elétrica e condições de moradia inadequadas. As condições continuam a piorar de dia para dia, colocando muitas vidas em risco”, comentaram os peritos em comunicado conjunto.

“Estima-se que em 2016, mais de 50 por cento da população vivia em pobreza extrema, valor que sem dúvida aumentou se considerarmos que a inflação superou os 2.400 por cento em 2017”, sublinharam.

FIM

Leia a nota na íntegra (em espanhol): http://acnudh.org/venezuela-alarmantes-condiciones-de-vida-se-agravan-cada-dia-alertan-expertos-de-la-onu/

Tradução: ACNUDH América do Sul

ONU Direitos Humanos – América do Sul

Facebookwww.facebook.com/ONUdh

Twitterwww.twitter.com/ONU_derechos

YouTubewww.youtube.com/onuderechos

Flickrhttp://www.flickr.com/onuderechos

Veja o Índice Universal de Direitos Humanoshttp://uhri.ohchr.org/


Endereço > Av. Dag Hammarskjöld 3269, Vitacura, Santiago de Chile

Telefone > (56 2) 2210-2970

Fax > (56 2) 2321-7750

Email > ohchr-santiago@ohchr.org