Foto: ACNUDH

Na Argentina, ACNUDH realizou jornada de capacitação sobre gênero ao Poder Judicial

19 de junho, 2018

 

Foto: ACNUDHSANTIAGO (19 de junho de 2018) – De 14 a 15 de junho, o Escritório para a América do Sul do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH) realizou uma oficina em Salta (Argentina) sobre como lidar com estereótipos de gênero prejudiciais. O objetivo desta instância foi fortalecer as capacidades dos funcionários públicos, juízes e juízas do Escritório da Mulher da Corte de Justiça e da Escola Judicial de Salta.

Por meio de várias apresentações e exercícios práticos, analisou-se o papel do Poder Judiciário de Salta na proteção efetiva dos direitos das mulheres e se abordou os estereótipos de gênero nocivos e ilícitos. Além disso, se refletiu sobre o impacto gerado pelos estereótipos judiciais em casos de violência de gênero e direitos sexuais e reprodutivos das mulheres. Finalmente, foram trocadas idéias por ações de acompanhamento e intercâmbio de práticas em outras províncias e outros países da região.

Houve também a participação especial de juízes e especialistas em direitos da mulher e gênero, Virginia Ginares, que relatou sua experiência sobre o assunto em Montevidéu (Uruguai) e María Esther Cafure, que compartilhou alguns casos de violência de gênero em Córdoba (Argentina).

Nos últimos anos, o ACNUDH realizou uma extensa pesquisa sobre estereótipos de gênero na jurisprudência e em julgamentos de juízes e magistrados de vários países do mundo e viu a necessidade de gerar espaços para refletir e trocar experiências, ideias e desafios nesta temática.

FIM

 

Manifeste-se pelos direitos de alguém hoje! Use o hashtag #StandUp4HumanRights e acesse o site http://www.standup4humanrights.org/

ONU Direitos Humanos – América do Sul


Endereço > Av. Dag Hammarskjöld 3269, Vitacura, Santiago de Chile

Telefone > (56 2) 2210-2970

Email > ohchr-santiago@ohchr.org