ONU pede a “libertação imediata” de opositor venezuelano Édgar Zambrano

9 de maio, 2019

9 de maio de 2019 – O Escritório do Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos pediu a libertação imediata de Edgar Zambrano, primeiro vice-presidente da Assembléia Nacional da Venezuela, que foi preso nesta quarta-feira.

“Pedimos para autoridades que parem os ataques contra Assembléia Nacional e seus membros”, disse em seu perfil no Twitter o escritório liderado por Michelle Bachelet.

Semana passada, o líder da oposição foi despojado de sua imunidade parlamentar junto com seis outros membros da Assembléia Nacional e é provável que outros três tenham o mesmo destino.

Os dez parlamentares são acusados ​​de conspiração, rebelião e traição devido a sua suposta participação no vídeo que o presidente da Assembléia Nacional, Juan Guaidó -reconheceu como presidente interino por cinquenta países- “pediu os soldados e à família militar” para acompanhá-lo “no quadro da Constituição e da luta não violenta”, segundo um comunicado emitido pela União Interparlamentar. O governo de Nicolas Maduro considera que foi uma tentativa de golpe de Estado.

Leia a nota na íntegra (em espanhol): http://acnudh.org/la-onu-pide-la-liberacion-inmediata-del-opositor-venezolano-edgar-zambrano/

ONU Direitos Humanos – América do Sul

Facebook: www.facebook.com/ONUdh

Twitter: www.twitter.com/ONU_derechos

YouTube: www.youtube.com/onuderechos


Endereço > Av. Dag Hammarskjöld 3269, Vitacura, Santiago de Chile

Telefone > (56 2) 2210-2970

Email > ohchr-santiago@ohchr.org